MongoDB: Instalação no Linux

Há algum tempo atrás me interessei pelo MongoDB e resolvi estudá-lo um pouco mais. Fiz um treinamento gratuito disponível no próprio site do fornecedor, e tenho desenvolvido algumas coisas com ele desde então.

Para quem decidir estudar e desenvolver com o MongoDB eu recomendo fortemente, pois apesar de ser uma abordagem totalmente diferente da relacional, à qual estamos mais acostumados, é muito simples de entender e bem satisfatório de usar.

A intenção deste post não é fazer uma introdução ao MongoDB (sugiro, para quem se vira um pouco com o inglês, fazer o curso oferecido pelo site oficial do produto), mas deixar um rápido passo-a-passo de como instalar o MongoDB em um sistema Linux e instalar os driver para algumas linguagens.

Os comandos de instalação abaixo foram os que utilizei com sucesso em minha distribuição Linux (Mint 17.3).

 

Instalação do MongoDB

 

1) Importar a chave pública usada pelo sistema gerenciador de pacotes:

$ sudo apt-key adv –keyserver hkp://keyserver.ubuntu.com:80 –recv EA312927

2) Criar um list file para o MongoDB:

$ echo “deb http://repo.mongodb.org/apt/ubuntu trusty/mongodb-org/3.2 multiverse” | sudo tee /etc/apt/sources.list.d/mongodb-org-3.2.list

3) Atualizar informações dos pacotes:

$ sudo apt-get update

4) Instalar o MongoDB

$ sudo apt-get install -y mongodb-org

Depois de finalizada a instalação, execute o comando abaixo para verificar a versão do MongoDB instalada:

$ mongo –version

img-1

Para inicializar o MongoDB, execute o comando abaixo:

$ sudo service mongod start

img-2

A instância do MongoDB armazena seus arquivos de dados no diretório /var/lib/mongodb, e seus arquivos de logs no diretório /var/log/mongodb por padrão, e executa com a conta de usuário mongodb. Se necessário é possível alterar os diretórios de log e dados no arquivo /etc/mongod.conf.

A verificação de que o processo mongod iniciou com sucesso pode ser feita através do arquivo de log /var/log/mongodb/mongod.log, com uma linha como esta:

[initandlisten] waiting for connections on port <port> (where <port> is the port configured in /etc/mongod.conf, 27017 by default)

Para parar ou reiniciar o serviço do MongoDB use os comandos abaixo:

$ sudo service mongod stop

img-3

$ sudo service mongod restart

img-4

Para iniciar o console do MongoDB digite o comando abaixo:

$ mongo

img-5.png

> show dbs

img-6

Para sair do console do MongoDB basta digitar CTRL+C.

Para a instalação em outras distribuições ou sistemas operacionais, você pode consultar as instruções no site do projeto.

 

Instalação do Driver para Python

A instalação do driver do MongoDB para Python pode ser feita através do pip, com o comando abaixo:

$ sudo pip install pymongo

Caso não tenha ainda o pip instalado, execute o comando abaixo para instalá-lo:

$ sudo apt-get install python-pip

 

Instalação do Driver para PHP

A instalação do driver do MongoDB para PHP pode ser feita através do pecl, com o comando abaixo:

$ sudo pecl install mongo

Caso não tenha o pecl instalado, execute os comandos abaixo para a instalação:

$ sudo apt-get install php5-dev

$ sudo apt-get install php-pear

Depois de instalado o driver é necessário habilitar a extensão do MongoDB para o PHP, incluindo no arquivo php.ini a seguinte linha, na seção de extensões:

extension=mongo.so

O arquivo php.ini costuma estar no seguinte local:

/etc/php5/apache2/php.ini

Depois de salvar a alteração, reinicie o apache:

sudo /etc/init.d/apache2 restart

Depois disso você pode criar um arquivo chamado info.php com o conteúdo abaixo, e incluí-lo no seu diretório de publicação do apache:

<?php phpinfo(); ?>

Depois, ao acessar o arquivo, deve ser possível encontrar uma seção relacionada ao MongoDB:

img-10.png

 

Instalação do Driver para Java

Para o desenvolvimento em Java, supondo que você esteja usando o Maven, basta adicionar a dependência ao seu pom.xml:

img-9

 

Por hora é isto!

Em breve pretendo publicar posts com exemplos de utilização do MongoDB nestas linguagens, e algumas outras dicas conforme os estudos avançarem.

 

Abraços!

 

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s